Governo japonês decidiu reduzir uma parte das despesas para famílias com renda anual inferior a ¥ 2,70 milhões

O ministro da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia, Hakubun Shimomura aprovou a medida no dia 11. Foto: http://iwj.co.jp/

O ministro da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia, Hakubun Shimomura aprovou a medida no dia 11. Foto: http://iwj.co.jp/

O projeto inicial visava tornar gratuita a mensalidade nos jardins de infância para crianças com 5 anos de idade. Por falta de verba, a proposta foi trocada para a redução das taxas para famílias com renda anual inferior a 2,70 milhões (R$ 60.373), com crianças de 3 a 5 anos.

Com o aumento do imposto sobre o consumo, o governo pretendia tornar gratuita a despesa nas creches e jardins de infância de todo o país até 2020. Como a alta foi prorrogada, a medida está sendo reavaliada.

Atualmente uma família com renda inferior a ¥ 2,70 milhões tem despesa anual de ¥ 59 mil (R$ 1.319) em um jardim de infância público e de ¥ 108.800 (R$ 2.432) em um estabelecimento particular.

Com a nova medida, essas despesas terão uma redução de ¥ 36 mil (R$ 804) respectivamente.

Estima-se que um total de 110 mil das 1,60 milhão de crianças em jardins de infância sejam beneficiadas.

Em relação às creches, que chegam a funcionar quase o dobro de horas dos jardins de infância, as despesas para famílias com renda inferior a ¥ 2,60 milhões serão mantidas em ¥ 72 mil.

Por outro lado, o governo incentivará as prefeituras para que reduzam as taxas nas creches de acordo com a renda de cada família. O orçamento previsto para o novo ano fiscal será de ¥ 40,2 bilhões.

[box]Como se diz em japonês?

Jardim de infância público: kouritsu youchien (公立幼稚園)

Jardim de infância privado: shiritsu youchien (私立幼稚園)

Berçário ou creche: hoikusho (保育所)

Foto: http://www.jyukennews.com

Foto: http://www.jyukennews.com

[/box]

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest