A Polícia de Nagasaki interroga uma estudante de 15 anos pela morte da colega Aiwa Matsuo, também de 15 anos. O corpo de Aiwa foi encontrado sobre uma cama no apartamento da estudante, mutilado na altura do pescoço e pulso da mão esquerda.

Suspeita-se que a vítima tenha sido morta por volta das 20h do dia 26. Aiwa tinha ido visitar a colega e tudo indica que levou inúmeros golpes na cabeça com um instrumento de metal antes de ser enforcada.

“Fiz sozinha”, disse a colega da vítima à polícia. As duas eram colegas de escola desde o nível chuugakkou. A estudante suspeita vivia sozinha em Sasebo (Nagasaki) desde abril.

Aiwa saiu de sua casa na tarde do dia 26, avisando aos familiares que iria brincar com uma amiga. Um pouco antes das 19h havia enviado um e-mail para a mãe dizendo que voltaria logo. Como não retornava, a polícia foi avisada do desaparecimento da estudante.

Por volta das 3h30 do dia 27 a polícia encontrou o corpo de Aiwa estendido sobre uma cama no apartamento da outra estudante. Perto do local estavam os acessórios usados para espancar e mutilar a vítima.

A polícia investiga os motivos que teriam levado a estudante a praticar o crime. Em entrevista à NHK, o diretor da escola onde as duas estudavam em Sasebo, disse que as duas não tinham problemas de relacionamento.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest