Cães-guias são treinados para não latirem e se comportarem dentro do trem

Cães-guias são treinados para não latirem e se comportarem dentro do trem. Foto ilustrativa

A Polícia de Saitama investiga um ataque praticado contra um cão-guia que conduzia um cego dentro do trem. O cão, que é treinado para se comportar dentro do trem, aguentou em silêncio a hora em que foi atacado. O episódio vem ganhando destaque nas redes sociais. “Imperdoável”, dizem os comentários.

O crime aconteceu no dia 28 de julho. O cão, que se chama Oscar, de 9 anos, acompanhava o dono que é cego, entre as estações Urawa e Higashikawaguchi, da linha JR.

O dono do cão, um senhor de 61 anos de idade, percebeu o ferimento depois que chegou em Higashikawaguchi. Imagens da câmera de segurança de uma loja de conveniência onde o dono entrou em seguida, mostram o cão ensanguentado.

O cão da raça labrador tinha vários cortes no lado direito das costas. Os ferimentos estão sendo tratados.

O caso está sendo investigado pela Polícia de Bunan (Saitama). As penas para maus-tratos contra animais podem chegar a 2 anos de prisão ou multas de até ¥ 2 milhões. Mas em casos graves como este último, o crime pode se enquadrar como danos materiais ou morais a terceiros, elevando a pena para 3 anos de prisão ou multas de até ¥ 300 mil ou no valor do prejuízo.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest