As 108 badaladas da meia-noite no último dia do ano, para purificar a alma. Foto: http://yasu733.exblog.jp/19767487/

As 108 badaladas da meia-noite no último dia do ano, para purificar a alma. Foto: http://yasu733.exblog.jp/19767487/

Passar a virada do ano no Japão é diferente de tudo que vemos no Brasil. Em pleno inverno – com neve em muitos locais – a entrada do ano é considerada a data mais importante para os japoneses.

 

Costumes centenários e tradições com raízes xintoístas e budistas fazem parte dos preparativos. Conheça alguns deles.

“Hatsumoude”, a primeira visita ao templo ou santuário. Foto: http://plaza.rakuten.co.jp

“Hatsumoude”, a primeira visita ao templo ou santuário. Foto: http://plaza.rakuten.co.jp

Oosouji (大掃除) – grande limpeza

Na preparação para a data mais importante do calendário, os japoneses limpam as residências, para receber o ano de alma limpa. O ritual estende-se ao trabalho e escola.

 

Monge remove a poeira no Santuárioo Atsuta, em Nagoya (Aichi). Foto: Mainichi

Monge remove a poeira no Santuárioo Atsuta, em Nagoya (Aichi). Foto: Mainichi

Osusuosame (御煤納) – limpeza da poeira nos templos e santuários

A limpeza da poeira acumulada durante um ano nos templos e santuários chega a ser uma atividade religiosa. Os monges se purificam desde a noite anterior para o ato.

 

Kagamimochi (鏡餅) – decoração com “mochi”

A decoração com “mochi” (bolinhos de arroz glutinado) é oferecida em um altar como forma de agradecimento aos deuses budistas e xintoístas.

 

"Kadomatsu", ornamento colocado na entrada das casas

“Kadomatsu”, ornamento colocado na entrada das casas

Kadomatsu (門松) – arranjo feito de bambus e folhas de pinheiro

Colocados na entrada das casas e estabelecimentos comerciais, esses ornamentos representam o pedido de boas energias para o ano ano, principalmente com a força do pinheiro que tem as folhas verdes durante todo o ano.

 

Joya no kane (除夜の鐘) – badaladas da última noite

Perto da meia-noite os sinos dos templos tocam 108 vezes, lembrando os 108 pecados existentes no homem, segundo o budismo.

 

"Toshikoshisoba" é servido no último dia do ano

“Toshikoshisoba” é servido no último dia do ano

Toshikoshisoba (年越し蕎麦) – macarrão de trigo sarraceno

Comer soba na véspera do Ano Novo, especialmente durante a virada, traz longevidade e também é uma forma de se despedir do ano velho e saudar o ano novo.

 

Hatsumoude (初詣) – a primeira visita aos templos e santuários

A primeira visita a um templo ou santuário pode ser feita na virada do ano ou nos primeiros dias de janeiro. O ritual serve para agradecer e pedir por sorte, harmonia, felicidade e saúde no ano novo. Durante o Hatsumode é muito comum ver mulheres e homens em trajes típicos japoneses, como quimono e hakama.

 

"Hatsu-hinode", o primeiro nascer do Sol do ano

“Hatsu-hinode”, o primeiro nascer do Sol do ano

Hatsuhinode (初日の出) – o primeiro nascer do Sol

A primeira oração ao amanhecer do ano, representa um pedido pela paz, felicidade e prosperidade.

 

Mochi (餅) – bolinho de arroz

Segundo a tradição, é oferecido aos deuses antes de serem consumidos no “oshougatsu” (Ano Novo). A tradição se originou de uma lenda chinesa, que diz que quem comer mochi no Ano Novo, estará comendo o espírito do arroz, enriquecido pelos deuses.

 

"Osechi", a tradicional refeição de Ano Novo

“Osechi”, a tradicional refeição de Ano Novo

Osechi-ryori (御節料理) – refeição do ano novo

É uma refeição especial consumida no Ano-Novo. A tradição começou no período Heian (794-1185), usando caixas especiais chamadas jūbako.

 

Ozouni (お雑煮) – sopa

Serve como acompanhamento do “osechi”, e segundo a tradição, também atrai sorte. O modo de preparar depende de cada família, mas geralmente inclui mochi e outros itens como vegetais, frango, frutos do mar, kamaboko (pasta de peixe cozido no vapor), kuromame (feijão preto cozido), entre outros.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest