Taxa de suicídio fica abaixo de 30 mil pelo terceiro ano consecutivo. Diminuem os casos relacionados ao terremoto de março de 2011

Fukushima registrou 15 suicídios relacionados ao terremoto de 2011

Fukushima registrou 15 suicídios relacionados à tragédia de 2011

O Japão registrou 25.427 casos de suicídios no último ano, mantendo o índice abaixo de 30 mil pelo terceiro ano consecutivo. Do total, 22 foram relacionados às consequências da tragédia de março de 2011.

 

Em comparação ao ano anterior, a redução foi de 6,8%, com 1.856 mortes a menos.

 

Um avanço positivo para um país que manteve durante 14 anos seguidos a taxa de suicídio acima de 30 mil casos.

 

Províncias com mais casos:

  1. Tokyo: 2.636
  2. Kanagawa: 1.422
  3. Aichi: 1.395
  4. Osaka: 1.386

 

Principais motivos:

  1. Saúde (depressão): 12.920
  2. Problemas financeiros e domésticos: 4.144
  3. Problemas familiares: 3.644
  4. Problemas no trabalho: 2.227

 

A polícia japonesa reforçou os patrulhamentos na internet para detectar possíveis casos de suicídio e medidas de prevenção.

[box]Suicídios no mundo

Segundo o último relatório da Organização Mundial de Saúde de 2012, cerca de 804 mil pessoas cometem suicídio todos os anos.

  1. Índia (258 mil óbitos)
  2. China (120,7 mil)
  3. Estados Unidos (43 mil)
  4. Rússia (31 mil)
  5. Japão (29 mil)
  6. Coreia do Sul (17 mil)
  7. Paquistão (13 mil)
  8. Brasil (11,82 mil)[/box]

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest