Uma passageira de Guiné que chegou no Aeroporto de Kansai, no dia 7, foi submetida ao exame para constatar a presença do vírus ebola.

Aeroporto de Kansai em Izumisano (Osaka)

Aeroporto de Kansai em Izumisano (Osaka)

Ela chegou no voo EK316, às 16h49 do dia 7, pela companhia aérea Emirates. Com febre, o primeiro exame no aeroporto detectou a presença do vírus da malária. O resultado do exame do ebola deve sair na tarde do dia 8.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar colocou um telefone à disposição (03-3595-2191) para que os outros passageiros do voo possam tirar as dúvidas.

RESULTADO NEGATIVO EM HANEDA

Por outro lado, um homem de cerca de 60 anos de idade que realizou o segundo exame de ebola no Japão apresentou resultado negativo.

O homem havia voltado da Libéria no dia 4 e apresentou febre de 39 graus na noite do dia 6. Levado ao Centro Nacional para Saúde Global e Medicina de Shinjuku (Tokyo), o exame de sangue revelou que não apresentava o vírus ebola.

Ele havia permanecido do dia 30 de setembro até 26 de outubro na Libéria. Regressou ao Japão no dia 4, através do Aeroporto de Haneda.


Como se diz em japonês?

  • Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar: kouseiroudoushou (厚生労働省)
  • Ebola: ebola shukketsu-netsu (エボラ出血熱)
  • Infecção: kansen (感染)

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest