Essas são imagens do treinamento para um possível terremoto gigante ocasionado da falha de Nankai. A Polícia local e soldados da Defesa simularam as 24 horas depois do possível terremoto e tsunami.
 
Uma verdadeira cidade foi construída na ilha artificial de Maishima. Entre as operações, os policiais tentam resgatar moradores e feridos, em áreas inundadas pela água. À mínima passagem do vento, o bote se move, prejudicando o socorro dos moradores que não conseguiram se refugiar a tempo.
 
Outra equipe de médicos fazia os trabalhos de identificação e limpeza dos corpos. Funcionários simulavam atender familiares dos mortos e faziam os procedimentos para a cremação. A equipe especial foi montada para atender uma grande quantidade de casos com rapidez e precisão.
 
“Vamos diminuir os riscos. Cada um deve zelar pela sua vida e dos outros cidadãos”, disse o prefeito de Osaka, Toru Hashimoto. 
 
Um estudo divulgado pelo Governo de Osaka estima que no caso de um grande terremoto originado na falha de Nankai, o número de mortos pode cagar a 130 mil pessoas.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest