Líder do grupo suspeito pela morte de estudante de 13 anos em Kawasaki confessa que usou um estilete para matar e que também obrigou a vítima a nadar antes da execução.

Corpo da vítima foi encontrado às margens do rio Tama, em Kawasaki

Corpo da vítima foi encontrado às margens do rio Tama, em Kawasaki

 

Pela primeira vez desde que foi detido, o menor de 18 anos suspeito de liderar a execução do estudante Ryota Uemura em Kawasaki (Kanagawa), confessou a autoria do crime. “Usei um estilete”, disse ele. Entre os motivos, o menor disse que queria se vingar porque Ryota contou a outras pessoas sobre as agressões que sofria.

 

Em janeiro, os amigos de Ryota se reuniram para exigir um pedido de desculpas do jovem de 18 anos depois que souberam que ele espancou o estudante. A Polícia de Kawasaki, que investiga o caso, suspeita o motivo esteja ligado à vingança.

 

Antes de matar com o estilete, o jovem disse que obrigou a vítima a nadar no rio próximo.

 

Outros dois jovens de 17 anos que estavam juntos haviam confessado anteriormente que “o autor das facadas foi o líder de 18 anos”.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest