Polícia de Tokyo prende cinco pessoas ligadas às manifestações “hate speech” sob suspeita de agressão

Imagens da TBS mostram a ação da polícia na sede do grupo Zaitokukai em Tokyo

Imagens da TBS mostram a ação da polícia na sede do grupo Zaitokukai em Tokyo

Cinco pessoas, incluindo um membro do grupo Zaitokukai (contrário ao visto especial de permanência concedido aos coreanos) foram detidas no dia 25 sob suspeita de agredir dois homens contrários à causa.

O membro do Zaitokukai foi identificado como Hiromi Ito, 54, residente em Yokkaichi (Mie). Outras quatro pessoas pertencem a grupos de extrema direita, simpatizantes à causa.

O líder do grupo, Makoto Sakurai, expressa suas opiniões. Foto: Sankei

O líder do Zaitokukai, Makoto Sakurai, durante encontro com prefeito de Osaka. Foto: Sankei

O grupo é investigado por provocar ferimentos leves no pescoço e rosto de um homem de 39 anos em Chiyoda (Tokyo) no dia 15 de agosto e agredir outro homem de 28 anos provando fratura da clavícula.

Nesse dia, dezenas de pessoas do grupo que saíam de um restaurante acabaram brigando com outro grupo de nove pessoas contrárias às manifestações “hate speech” promovidas pelo Zaitokukai.

A polícia invadiu a sede do Zaitokukai, em Chiyoda, para as investigações. O diretor Makoto Sakurai foi encontrado no local e está sendo interrogado.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest