A Polícia Metropolitana de Tokyo prendeu o jovem de 19 anos que espetou um palito em um pacote de salgadinhos da prateleira de um supermercado e divulgou as imagens no YouTube.

O menor, residente em Mitaka (Tokyo), estava sendo procurado pela polícia por postar outros vídeos suspeitos. Em um deles, postado no dia 5, o suspeito finge roubar uma embalagem de bebida em uma loja de conveniência de Musashino (Tokyo).

No dia 16 ele postou mais imagens gravadas em um “manga kissa” de Kawasaki e depois dentro do trem, em Aichi.

A prisão foi registrada por volta das 7h do dia 18, em Maibara (Shiga). O suspeito foi encontrado por um policial na estação JR Maibara.

Algumas das cenas postadas no YouTube são mostradas na reportagem da TBS:

[box]Qual seria a pena para esse tipo de crime?

Segundo o advogado Naoto Akiyama, entrevistado pelo portal Yahoo, o crime se enquadra no artigo 233, de obstrução e fraude comercial e o artigo 234, de obstrução forçada de negócios. A pena máxima para esses crimes é de 3 anos de prisão ou multas de ¥ 500 mil (R$ 11.113).

No caso do jovem, além de cometer um ato de “fraude”, ele “atentou” contra os negócios do supermecado. Soma-se a isso a “invasão de propriedade” para cometer o ato (uma vez que o jovem não comprou nada), o que daria uma pena máxima de 3 anos e ¥ 100 mil (R$ 2.222) de multa.[/box]

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest