Homem que atropelou um pai que caminhava com dois filhos, disse que foi motivado pela inveja.

Carro do suspeito que atropelou os três. Foto: Jornal Hokkaido

Carro do suspeito que atropelou os três. Foto: Jornal Hokkaido

Takashi Nakamura, de 43 anos, foi enviado à Agência Nacional de Polícia no dia 12 por atropelar um homem que caminhava com duas crianças, em Hakodate (Hokkaido).

“Eles pareciam muito felizes. Fiquei com inveja e deu vontade de matar”, confessou o suspeito, segundo uma reportagem da NHK.

O crime aconteceu no dia 10, em um tranquilo bairro residencial de Hakodate. Na calçada estava um morador de 23 anos com a filha de 3 anos e o filho de 1 ano de idade. Os três caminhavam de mãos dadas.

Uma testemunha citada pelo Jornal Hokkaido disse que viu o suspeito atropelar os três, depois desceu do carro e sem dizer nada, começou a chutar o homem caído pelas costas enquanto ele tentava proteger o filho.

A testemunha, parou o carro e gritou para que o suspeito parasse de chutar a vítima. O suspeito revidou e acertou um soco no rosto da testemunha.

O diretor de uma creche que fica próximo ao local também interferiu quando viu que o suspeito começou a agredir as crianças. O diretor, de 50 anos, levou golpes no ombro esquerdo mas conseguiu levar as crianças para dentro da creche.

O menino de 1 ano foi internado com ferimentos no rosto. O pai e a filha sofreram ferimentos leves no rosto mas não precisaram de internação.

O suspeito foi preso cerca de 20 minutos depois em uma rua próxima. Segundo a polícia, eles não se conheciam.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest