Soldados caminham entre o ponto 9 e o topo do Monte Ontak, no dia 7. Foto cedida pelo Exército

Soldados caminham entre o ponto 9 e o topo do Monte Ontak, no dia 7. Foto cedida pelo Exército

Os trabalhos de resgate no Monte Ontake recomeçaram depois de três dias de interrupção devido ao mau tempo. Por volta das 8h30 do dia 7 foram encontradas mais duas vítimas com parada cardíaca.

A erupção da montanha de 3.067 metros, localizada entre Nagano e Gifu, deixou até agora 51 mortos, enquanto 12 pessoas ainda estão desaparecidas.

A equipe de busca hoje foi formada por 964 pessoas, com dois helicópteros à disposição para trasladar as vítimas.

Devido às chuvas, a quantidade de cinza expelida pelo vulcão diminuiu. Os soldados encontraram a água do topo congelada. O solo está escorregadio e conforme a elevação da temperatura durante o dia, as cinzas devem se transformar novamente num material pastoso, que chega até os joelhos da equipe de resgate.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest