O jornalista nikkei canadense de 45 anos que foi internado com febre ao voltar da Libéria no dia 27, não apresentou o vírus do ebola. Pelo menos esse foi o resultado do exame de sangue realizado pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas de Musashimurayama (Tokyo).

Hospital em Shinjuku (Tokyo), onde o passageiro está internado. Foto: SankeiHospital em Shinjuku (Tokyo), onde o passageiro está internado. Foto: Sankei

Hospital em Shinjuku (Tokyo), onde o passageiro está internado. Foto: Sankei

O jornalista continuará internado no Instituto Internacional de Pesquisas Médicas de Shinjuku para novos exames, como precaução para o caso do vírus estar incubado.

A reportagem do jornal Sankei informa que o homem viajou para a Libéria no dia 18 de agosto, com o propósito de fazer uma reportagem sobre o ebola. No dia 18 de outubro deixou o país e passou pela Bélgica antes de retornar ao Japão.

Ao chegar no Aeroporto de Haneda (Tokyo) no voo 278 da ANA, às 15h35 do dia 27, apresentava febre de 37,8 graus. Questionado, o homem disse que não havia tido contato direto com vítimas do ebola.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest