Cotação do dólar na manhã do dia 5, na Bolsa de Tokyo. Foto: Sankei

Cotação do dólar na manhã do dia 5, na Bolsa de Tokyo. Foto: Sankei

O dólar subiu até a casa dos 105 ienes essa manhã na Bolsa de Tokyo, alcançando o nível mais alto nos últimos cinco anos e 11 meses. Um dos motivos está na Europa.

A decisão do Banco Central Europeu (BCE) de reduzir as taxas de financiamentos e depósitos e o anúncio de um programa de compra de ativos, fez cair o euro e aumentar o dólar no dia 4, em uma tendência copiada também na Bolsa de Tokyo, com desvalorização do iene e alta do dólar.

As atenções se voltam agora para o índice de desemprego dos Estados Unidos que deve ser divulgado essa noite (horário do Japão). A previsão para o relatório de emprego cita a criação de 225 mil novos postos de trabalho em agosto. Além disso é esperado que a taxa de desemprego recue de 6,2% para 6,1%.

No dia 4, o diretor do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, anunciou que não haverá mudanças na política monetária do Japão.

Segundo analistas consultados pela emissora TBS, o dólar pode chegar até a casa dos ¥ 108 no final do mês.

*

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest