O inverno, com o céu limpo, é a melhor época para apreciar estrelas e chuvas de meteoros

Estrela cadente sobre o Monte Fuji, vista no mesmo período do inverno anterior, do lago Kawaguchiko (Yamanashi). Foto: Sankei

Estrela cadente sobre o Monte Fuji, vista no mesmo período do inverno anterior, do lago Kawaguchiko (Yamanashi). Foto: Sankei

 

O inverno, com o ar mais seco, proporciona as melhores condições para observar os astros do céu, como as estrelas de 1ª grandeza. Na noite do domingo, dia 14, se o tempo permitir, será possível ver também o pico da chuva de meteoros da Constelação de Gêmeos.

 

Como no inverno costuma escurecer mais cedo, sobra mais tempo para observar os astros.

 

Uma das estrelas de 1ª grandeza que pode ser observada nessa época é Sírio ou Sirius, a mais brilhante no céu noturno localizada na constelação do Grande Cão. Outra estrela, a Alpha Orionis, conhecida como Betelgeuse também pode ser vista rodeada por seis outras menores, formando o “Diamante de Inverno”. São várias as cores das estrelas no céu, que vão do vermelho ao amarelo, dependendo da grandeza. Não perdem para as iluminações artificiais.

 

[box] Pico da chuva de meteoros no dia 14

 

A chuva de meteoros da constelação de Gêmeos está entre as três maiores do ano. Nos locais com pouca iluminação e boas condições climáticas, será possível ver uma média de 80 por hora, no dia 14. O pico da visualização será entre 21h e meia-noite. [/box]

A chuva de meteoros será transmitida por sites como SOLiVE24 e niconico

A chuva de meteoros será transmitida por sites como SOLiVE24 e niconico

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest