A DREAM OF SAMBA é um documentário que mostra o impacto do samba em culturas indígenas de Taiwan

Cenas do Dream Parade, em Taiwan. Foto: Roberto Maxwell

Cenas do Dream Parade, em Taiwan. Foto: Roberto Maxwell

Quando o diretor Roberto Maxwell viu pela primeira vez as imagens do Dream Parade ficou desnorteado. “Era a cena de uma bateria tocando na frente de um templo daqueles chineses, bem característicos, cheio de cores e dragões”, relembra ele. A fonte foi um vídeo gravado por uma amiga e que foi passando de mão em mão até chegar ao diretor. “Já tinha gravado o Carnaval de Asakusa, em Tokyo, filmado mestre-sala e porta-bandeira em frente a portal de templo, mas nada era parecido com aquilo”, prossegue ele.

Taiwan, como várias ilhas do Pacífico, é o lar de diversas etnias. Foto: Roberto Maxwell

Taiwan, como várias ilhas do Pacífico, é o lar de diversas etnias. Foto: Roberto Maxwell

Foram alguns meses até que Roberto conseguiu, finalmente, ver pessoalmente o Dream Parade, evento organizado pela Dream Community, uma instituição de arte de Nova Taipé, cidade da zona metropolitana da capital de Taiwan, Taipé. Criada com o objetivo de trazer a arte para o cotidiano das pessoas, a Dream Community foi fundada por Gordon Tsai, um empresário da construção civil que se apaixonou pelo carnaval, como ele revela numa das entrevistas que compõem o curta A DREAM OF SAMBA. O documentário chega ao público via internet depois de uma bem-sucedida passagem, em maio, pelo Cine Rua Se7e, evento organizado por um coletivo de artistas em Vitória, Espírito Santo.

Maxwell passou quase 30 dias imerso no cotidiano dos envolvidos, se preparando para o Dream Parade. No documentário de 24 minutos, o diretor mostra a salada multicultural que é o desfile que agrega artistas de países como a França, os Estados Unidos, o Japão e, é claro, Taiwan e Brasil. “É um caldeirão cultural, sem dúvida. Mas, o que me chamou a atenção de verdade foi o envolvimento dos indígenas”, explica.

O diretor, Roberto Maxwell. Foto: Divulgação

O diretor, Roberto Maxwell. Foto: Divulgação

Taiwan, como várias ilhas do Pacífico, é o lar de diversas etnias que foram sendo assimiladas e tendo suas culturas destruídas a partir do contato com povos mais poderosos como os chineses e os japoneses. “É uma história de resistência muito semelhante a dos povos indígenas brasileiros”, conta Maxwell. “Eles lutam com força para manter suas identidades étnicas”, prossegue ele.

E, nesta luta, os aborígenes taiuaneses encontraram um aliado um tanto quanto inusitado: o samba. “A forma como o samba entra nessas comunidades é interessantíssima. Então, eu dedico boa parte do documentário a investigar essa aproximação”, conta o diretor.

O curta encontra o seu público no site do diretor (www.robertomaxwell.info) a partir do dia 5 de outubro, duas semanas antes da edição 2014 do evento, em Taipé. “Acredito que os brasileiros vão se surpreender. A gente sabe que a música brasileira é amada pelo mundo. Mas não conhece histórias do impacto que isso causa nas pessoas. O filme mostra uma dessas histórias”, aposta Maxwell.

Pôster do documentário "A DREAM OF SAMBA"

Pôster do documentário “A DREAM OF SAMBA”

A DREAM OF SAMBA

Em Taiwan, pequeno país no leste da Ásia, um homem descobre que o carnaval pode mudar a sua sociedade.

Documentário, Japão/Taiwan, 2014, 24 min

Direção: Roberto Maxwell

Diversas línguas (com legenda em português)

Link para o público (disponível somente a partir do dia 5/10, 10h horário de Brasília): www.robertomaxwell.info

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest