Condições climáticas desfavoráveis levam ao encerramento das buscas pelos desaparecidos no Monte Ontake

Foto tirada na manhã do dia 16, quando o helicóptero sobrevoava a cidade de Otaki (Nagano), mostra a fumaça sendo expelida pelo Monte Ontake. Foto: Mainichi

Foto tirada na manhã do dia 16, quando o helicóptero sobrevoava a cidade de Otaki (Nagano), mostra a fumaça sendo expelida pelo Monte Ontake. Foto: Mainichi

O Comitê de Prevenção a Desastres de Nagano decidiu encerrar as buscas pelos sete desaparecidos no Monte Ontake (3.067 metros), na divisa entre Nagano e Gifu. A erupção do Monte Ontake, no dia 27 de setembro, deixou um total de 56 mortos.

Entre os motivos está o acúmulo de neve, congelamento da área e riscos de novas erupções vulcânicas, que podem colocar em risco a vida dos soldados. As buscas devem ser retomadas na próxima primavera.

No último dia de busca, 18 familiares dos desaparecidos sobrevoaram a montanha no helicóptero do Exército e acompanharam os trabalhos da equipe de resgate por terra.

Um total de 1.900 soldados do Exército, Bombeiros e Polícia participaram das buscas no dia 16. De manhã, a temperatura era de 1,3 grau no topo da montanha, com 5 centímetros de neve acumulada.

Casebres, pedras, lagos… todos os cantos foram checados incansavelmente pela equipe de busca. “Otsukaresama” (parabéns pelo esforço) a todos… E que as vítimas descansem em paz.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest