Toru Hashimoto, líder do Partido da Restauração “Isshin no Kai” comprou a briga com o grupo “Zaitokukai” ou “Zainichi tokken o yurusanai shimin no kai” (Associação civil que não perdoa a autorização especial de moradia dos estrangeiros). No dia 20 ele se encontrou com os líderes do grupo, com quem se exaltou e foi fotografado em cenas de explosão verbal.

A reunião começou com Hashimoto, ouvindo representantes do grupo, na prefeitura de Osaka, no dia 20. Foto: Sankei

A reunião começou com Hashimoto, ouvindo representantes do grupo, na prefeitura de Osaka, no dia 20. Foto: Sankei

Em uma entrevista coletiva no dia 21, Hashimoto se explicou pelas imagens veiculadas. “Recebi diretamente a argumentação do Zaitokukai. Se eles querem atacar alguém daqui para frente, que seja a minha campanha política”, disse ele, em relação ao grupo que promove as manifestações chamadas de “hate speech”.

O líder do grupo, Makoto Sakurai, expressa suas opiniões. Foto: Sankei

O líder do grupo, Makoto Sakurai, expressa suas opiniões. Foto: Sankei

Hashimoto também criticou o grupo, dizendo que “se tem algo a reclamar, seja contra o governo que fez essa lei, não o sistema de visto especial para coreanos”. Durante a entrevista, o prefeito de Osaka concordou que o sistema atual “gera discriminação por conceder um direito especial a um determinado grupo”, lembrando a necessidade de padronizar a lei de forma igual para todos os estrangeiros residentes no Japão.

v

Sakurai se exalta e caminha em direção ao prefeito de Osaka. Foto: Sankei

Em relação às imagens de exaltação durante o encontro com o grupo, Hashimoto disse que não concordou em “ficar apenas ouvindo a opinião unilateral”. A reunião foi cancelada em menos de 10 minutos.

A reunião é interrompida pelos seguranças de Hashimoto. Foto: Sankei

A reunião é interrompida pelos seguranças de Hashimoto. Foto: Sankei

Apesar de ser contra a manifestação “hate speech” que pede a saída desses estrangeiros considerados especiais, Hashimoto disse que a lei “garante a liberdade de expressão” a todos.

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest