Julia Yoshie Kato Inui, de 42 anos, é suspeita de ter provocado a morte da mãe com sedativos

As imagens da emissora ANN mostram a residência da brasileira Julia Yoshie Kato Inui, em Kakegawa (Shizuoka), onde morava com a mãe. Funcionária de uma empresa de terceirização, a brasileira foi detida na madrugada do dia 10 sob suspeita de homicídio.

 

Segundo a reportagem, Julia fez a mãe de 77 anos ingerir uma grande quantidade de sedativos, provocando a morte.

 

A brasileira pediu ajuda a um colega dizendo que havia “matado a mãe”, que por sua vez, comunicou a polícia na tarde do dia 9.

 

Quando os policiais chegaram na casa, encontraram a vítima desfalecida, que morreu em seguida.

 

Na casa foram encontradas várias embalagens de remédios vazias. A polícia investiga os motivos que levaram Julia a cometer o crime e como os sedativos foram dados à mãe.

 

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest