Promoção recente de mangás por ¥ 11 teve retorno de ¥ 300 milhões

mangaO Japão é realmente a terra do mangá. Prova disso foi a recente promoção feita durante um mês pela loja online MangaonWeb, que após colocar 131 títulos à venda por ¥ 11 (R$ 0,35) chegou a arrecadar ¥ 300 milhões (RS 9,70 milhões).

O autor Shuho Sato – famoso por mangás como “Black Jack ni Yoroshiku” ou “Umizaru” – foi o campeão de vendas da campanha e recebeu ¥ 133 milhões (R$ 4,30 milhões) em direitos autorais.

"SangokushiF" de Ichitomo Kazutomo, foi o mais vendido

“SangokushiF” de Ichitomo Kazutomo, foi o mais vendido

A promoção foi realizada em conjunto com a livraria virtual Rakuten Kobo.

Enquanto as publicações impressas encolhem, o mercado do mangá digital parece estar mais otimista.

Para Sato, o lucro de ¥ 133 milhões não se compara ao que ganha em publicações impressas, mas é uma quantia que impressiona em termos de venda online. Para chegar a esse valor seria necessário vender no mínimo 3 milhões de cópias de um mangá avulso.

Outros autores que também tiveram suas obras aderidas à campanha ficaram impressionados com a força do mercado virtual.

Como se diz em japonês?

  • mangá digital: denshi comic (電子コミック)
  • lucro: uriage (売り上げ)
  • venda: hanbai (販売)

Silvia in Tokyo

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)