A infidelidade entre casais é tema de novelas e livros no Japão

A questão das traições entre casais vem sendo discutida cada vez mais no Japão. O tema está presente em programas de tevê, revistas e livros. Um exemplo é a novela “Seisei suru hodo aishite iru” (Amo, com toda a clareza), da TBS, que vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h.

20160731-novela“Quero ser sua amante”, se declara a funcionária de uma joalheria ao se apaixonar pelo vice-presidente, que é casado. Quantos homens no Japão seriam capazes de dizer “não” à personagem interpretada pela bela atriz Emi Takei?

A novela é uma ficção mas o assunto tem chamado a atenção da sociedade. “Três em cada quatro homens casados e três em cada 10 mulheres casadas, traem seu parceiros”, diz um trecho do livro “Otona no Furin-gaku” (A ciência da traição entre adultos), do escritor e professor da Universidade Waseda, Tomonori Morikawa.

O livro explica o assunto, baseado em números e dados estatísticos: a traição está presente nos relacionamentos entre casais, no caso dos homens em 74% e entre as mulheres em 29,6%.

"A ciência da traição entre adultos", de Tomonori Morikawa

“A ciência da traição entre adultos”, de Tomonori Morikawa

Entre os motivos para esse alto índice, Morikawa cita a queda ou quase inexistência das relações sexuais entre os casais no Japão. Em 2001, o índice de “sexless” (falta de relação sexual por mais de um mês) entre casais era de 28%. Em 2014, o mesmo índice havia subido para 44,6%.

Como se diz em japonês?

  • trair: furin suru (不倫する)
  • marido, esposo: otto (夫)
  • mulher, esposa: tsuma (妻)

Silvia in Tokyo

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest