“Terminei com ela”, disse o chileno procurado pelo desaparecimento de japonesa na França

O chileno suspeito de estar envolvido no desaparecimento da universitária Narumi Kurosaki, na França, teria dito que “havia terminado o namoro” com a japonesa logo que retornou do Japão para o Chile.

No dia 29 a polícia francesa alterou o rumo das investigações de suspeita de rapto para homicídio.

A reportagem da emissora Nihon TV mostra a universidade em Santiago, onde o chileno era auxiliar de classe. O professor responsável disse em entrevista que o jovem “havia retornado em outubro do Japão porque terminou o namoro com uma japonesa”. Ainda segundo o professor, o chileno compareceu às aulas até o dia 21 de dezembro.

 

Em outra reportagem da ANNnewsCH, o chileno foi visto rondando a universidade de Besançon, onde Narumi fazia o curso de Letras.

Depois do desaparecimento de Narumi, o chileno usou um programa especial para deletar a memória do computador que usava.

 

Chileno é investigado por desaparecimento de japonesa na França

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)