Montanha mais alta do Japão recebe visitantes

Começou a temporada de escalada do Monte Fuji, que estará aberta pelos próximos dois meses.

No dia 1, cerca de 100 pessoas acompanharam o nascer do Sol, registrado às 4h02. O cansaço da subida se transforma em um simples um detalhe, diante do cenário.

Escaladores, ao amanhecer no Monte Fuji. Foto: Mainichi

Escaladores, ao amanhecer no Monte Fuji. Foto: Mainichi

Os primeiros raios solares, em tom alaranjado, foram logo registrados pelas câmeras fotográficas da multidão, que começou a subir no dia anterior.

Duas rotas

Existem duas rotas para chegar ao topo da montanha mais alta do Japão, uma partindo pela província de Yamanashi e outra por Shizuoka.

Cada rota se divide em trilhas: duas em Yamanashi (Kawaguchiko e Yoshida) e três em Shizuoka (Fujinomiya, Gotemba e Subashiri).

Desafio exige preparo

Comemoração ao amanhecer. Foto: Mainichi

Comemoração ao amanhecer. Foto: Mainichi

Engana-se quem acha que é fácil escalar a montanha. A diferença de temperatura e a falta de oxigênio estão entre os principais obstáculos. O tempo de escalada varia de 4 a 7 horas para subir e de 2 a 3 horas para descer, dependendo da condição física e rota escolhida.

Até os 2.400 metros é possível subir de ônibus. Daí em diante, a rota é percorrida a pé.

A cidade de Fujinomiya oferece informações em português para quem pensa em escalar a montanha. Clique aqui para ler os detalhes, como banheiro, equipamentos, hospedagem, entre outros.

Como se fala em japonês?

  • Monte Fuji: Fujisan (富士山)
  • Abertura da montanha: yamabiraki (山開き)
  • Topo da montanha: sanchou (山頂)
Silvia in Tokyo

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)