Governo quer planos de tarifa de celular abaixo de ¥ 5 mil

Comitê do Ministério do Interior e Comunicações em reunião no dia 16. Foto: weekly.ascii.jp

Comitê do Ministério do Interior e Comunicações em reunião no dia 16. Foto: weekly.ascii.jp

Um comitê do Ministério do Interior e Comunicações apresentou novas propostas de medidas para reduzir o preço das tarifas de telefones móveis no Japão.

Entre as sugestões está a ampliação de pacotes baratos “abaixo de ¥ 5 mil” (R$ 160) para pessoas que usam pouco a conexão de dados e o fim de campanhas que oferecem aparelhos de graça para pacotes fechados de 2 anos.

Ministra Sanae Takaichi. Foto: Kyodo

Ministra Sanae Takaichi. Foto: Kyodo

A ministra Sanae Takaichi deverá enviar um comunicado até o dia 18 para as três operadoras de telefonia móvel NTT DOCOMO, KDII(au) e Softbank.

O prazo para as medidas serem aplicadas será até a primavera.

Os planos básicos para smartphones oferecidos pelas três operadoras varia entre ¥ 6.200 e ¥ 6.500.

■ Principais medidas sugeridas pelo governo:

  • Estudar a redução das tarifas de usuários de smartphones para menos de ¥ 5 mil, levando em consideração a idade e limitação de uso de dados
  • Campanhas que oferecem aparelhos de graça por pacotes fechados não são justos e podem prejudicar a entrada de smartphones mais baratos
  • Estudar novos planos de pagamento para usuários de longa data que não são favorecidos pelas campanhas de compras de novos aparelhos
  • O sistema de descontos para venda de novos aparelhos deve ser transparente e comunicado ao governo
  • Para ampliar a oferta, é aconselhável incentivar a venda de aparelhos usados no mercado

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)