O peruano não resistiu ao ferimento e morreu quatro horas depois

O peruano Daniel Federico Masuko Rodríguez, de 45 anos, foi deixado no hospital de Isesaki (Gunma), com uma facada no peito, um pouco antes das 21h do dia 8.

O peruano não resistiu ao ferimento e morreu cerca de quatro horas e meia depois, na madrugada do dia 9.

A polícia busca outro estrangeiro que teria levado o peruano ao hospital de carro e deixou o local sem deixar o nome.

Segundo a agência de notícias Kyodo, Daniel residia em Isesaki e estava desempregado.

O caso está sendo investigado como suspeita de homicídio.

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)