ZZRWRQAcp0w

No Japão muitas pessoas gostariam de criar um animal de estimação mas não podem, seja por falta de espaço ou tempo. Há alguns anos, surgiram os “neko cafe”, uma espécie de cafeteria onde os clientes podem brincar com os gatos do local.

Cafeteria com aves, em Asakusa. Foto: Sankei

Cafeteria com aves, em Asakusa. Foto: Sankei

Hoje essas cafeterias não se limitam a gatos. A “Tori no iru Cafe Asakusa” (Tokyo), por exemplo, reúne mais de 60 aves. Os clientes podem escolher se querem ficar na companhia de corujas, periquitos ou outra espécie de ave. A tarifa é de ¥ 1.500 por hora. A bebida é cobrada à parte.

Cafeteria com cobra. Foto: Sankei

Cafeteria com cobra. Foto: Sankei

Já a Tokyo Snake Center cobra ¥ 1.000 para tomar um chá ou comer um doce na companhia de cobras. Os clientes podem escolher entre 18 cobras de 15 espécies diferentes. O estabelecimento conta com especialistas que instruem os clientes que nunca tiveram contato com esses animais.

Cafeteria com gatos. Foto: image.space.rakuten.co.jp

Cafeteria com gatos. Foto: image.space.rakuten.co.jp

Em entrevista ao jornal Sankei, o gerente do “Neko Cafe Kyariko Shinjuku” (Tokyo) disse que com a popularização do serviço, aumentou o número de clientes estrangeiros. “Um em cada quatro é estrangeiro”, disse Takafumi Fukui.

Se depender da Associação de Terapia Animal do Japão, a demanda pelas cafeterias com animais deve aumentar. “Quando você toca um animal ou sente a temperatura dele em contato com a pele, o cérebro libera um hormônio chamado ocitocina, que faz aumentar a sensação de conforto e prazer”, explica Masayuki Takamatsu, da Associação.

O que é ocitocina?

Também conhecido como “hormônio do amor”, a ocitocina é produzida no hipotálamo. Mais conhecida por seu papel no parto e amamentação, a ocitocina pode ter efeitos de longo alcance para homens e mulheres em muitas áreas da vida. Ajuda a regular o sono e contribui para a sensação de bem-estar e recuperação do organismo.

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest