No dia 8 de abril os japoneses comemoram o Dia de Hachiko, o cão fiel, que morreu esperando seu dono na estação de Shibuya, em Tokyo.

Estátua mais recente de Hachiko, junto com seu dono. Foto: Asahi

Estátua mais recente de Hachiko, junto com seu dono. Foto: Asahi

O cão, da raçã Akita, morreu no dia 8 de março de 1935. Cerca de um ano depois, no dia 8 de abril, foi realizada uma missa em homenagem a Hachiko, sendo estabelecida a data.

 

Recentemente, foi inaugurada uma estátua no campus da Faculdade de Agronomia da Universidade de Tokyo, onde dono do cão, Hidesaburo Ueno, trabalhava.

 

Hachiko nasceu em 1923 em Odate (Akita) e quando completou 1 ano de vida foi adotado pelo professor de agronomia.

 

Estátua em Tsu (Mie), terra natal do professor Ueno

Estátua em Tsu (Mie), terra natal do professor Ueno

O cão acompanhava o professor Ueno todos os dias até a porta da casa quando ele saía para trabalhar. Algumas vezes ia até a estação de Shibuya para aguardar a volta do dono.

 

Em maio de 1925, Ueno sofreu um derrame enquanto lecionava na Faculdade de Agronomia e acabou falecendo. Desde então Hachiko passou a ir todos os dias até a estação de Shibuya, esperando a volta do dono. Foram longos 10 anos…

 

O comportamento do cão chamou a atenção das pessoas e com o tempo ele passou a ser conhecido como o “cão fiel”. Em abril de 1934 foi inaugurada uma estátua de Hachiko, um pouco antes da morte dele.

 

A estátua de Hachiko em Shibuya. Foto:  http://www.shibukei.com/

A estátua de Hachiko em Shibuya. Foto: http://www.shibukei.com

A estátua foi confiscada durante a Segunda Guerra Mundial e uma nova foi inaugurada em agosto de 1947.

Hachiko: A Dog’s Story

Filme de drama norte-americano de 2009, baseado na história de Hachiko. Dirigido por Lasse Hallström, escrito por Stephen P. Lindsey e estrelado por Richard Gere, Joan Allen e Sarah Roemer.

 

 

Hachiko Monogatari

Filme original japonês, de 1987. Dirigido por Seijiro Koyama e estrelado por Tatsuya Nakadai, Kaoru Yachigusa, Mako Ishino e Masumi Harukawa.

 

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)