No Japão também se comemora o Dia dos Namorados

Santuário dos Namorados em Futssu, Chiba. Foto: city.futtsu.lg.jp

Santuário dos Namorados em Futssu, Chiba. Foto: city.futtsu.lg.jp

Desde 1988, a Federação de Porta-Retratos do Japão (GAKUREN), estabeleceu o dia 12 de junho como o Dia dos Namorados, em homenagem à data comemorada no Brasil.

Santuário dos namorados em Okayama. Foto: okayama-kanko.jp

Santuário em Okayama. Foto: okayama-kanko.jp

O “Dia dos Namorados” se diz em japonês: “Koibito no Hi” (恋人の日). O termo “koibito” pode significar tanto “namorado” ou “namorada”.

Muitas pessoas não conhecem mas no Japão existe até uma NPO que cuida dos “Santuários para Namorados“. Ao todo, são 132 locais que incluem desde estações, parques, hotéis e pontos turísticos.

Recentemente a NPO realizou um concurso com as “propostas de casamento” ou “propostas de amor” (para os casados). Veja alguns premiados:

  • Foto: mynavi.jp

    Foto: mynavi.jp

    Prêmio principal: “Estou atolada em dívidas, mas quem sabe eu acerte na loteria… me aceita?” (mulher de Osaka)

  • Prêmio especial: “Ainda me falta experiência, mas estou pronto pra te fazer feliz. Case comigo” (homem de Kobe, Hyogo)
  • Prêmio entre os casados: “Pode lavar minhas calcinhas?” (mulher de Shiojiri, Nagano)
  • Prêmio entre solteiros: “Vamos juntos ao céu. Mas vamos chegar atrasados” (homem de Shinjuku, Tokyo)
  • Prêmio entre solteiros: “Não sei se farei de você a pessoa mais feliz desse mundo. Mas eu sou o cara mais feliz do mundo só de estar ao seu lado e quero me dedicar inteiro para ti. Fique do meu lado pra sempre” (estudante de Fujisawa, Kanagawa)

O concurso recebeu 3.116 inscrições e foi apoiado por pessoas famosas do Japão. A vencedora foi Chiaki Yamamoto de Osaka que disse a frase “Estou atolada em dívidas, mas quem sabe eu acerte na loteria… me aceita?” ao namorado enquanto voltava do trabalho.

 

titanic

E já que o assunto são os namorados, uma enquete da Mercedes Benz revelou os filmes mais românticos na opinião dos japoneses:

  • Faixa dos 20 anos: “Titanic”, “Sekai no Chuushin de Ai o Sakebu” (Socrates in Love) e “A princesa e o plebeu”
  • Faixa dos 30 anos: “Titanic”, “Ghost: do outro lado da vida” e “A princesa e o plebeu”
  • Faixa dos 40 anos: “Titanic”, “Ghost: do outro lado da vida” e “E o Vento Levou”
  • Faixa dos 50 anos: “E o Vento Levou”, “A princesa e o plebeu” e “Romeu e Julieta”

 

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest