A Câmara Baixa do Japão foi dissolvida na tarde do dia 21 e o primeiro-ministro Shinzo Abe convocou eleições gerais para o dia 14 de dezembro.

grafico

Gráfico mostra que a Câmara Baixa tem 475 cadeiras, das quais 326 são ocupadas atualmente pela coalizão de Abe

 

A coalizão de Abe ocupa atualmente 326 cadeiras das 475 vagas da Câmara Baixa. Para garantir o apoio total à aprovação dos projetos e concretizar sua política Abenomics, o premiê precisa garantir 266 cadeiras.

 

As eleições, realizadas após um intervalo de dois anos, movimentam vários setores da economia japonesa. Veja alguns exemplos:

 

Vasos de orquídeas “Kochouran” em Maebashi (Gunma). Foto: Mainichi

Vasos de orquídeas “Kochouran” em Maebashi (Gunma). Foto: Mainichi

As orquídeas “Kochouran” (Phalaenopsis aphrodite) representam a “vinda da felicidade”. São as companheiras inseparáveis de eventos comemorativos como abertura de negócios e vitória nas a eleições. A estufa Hanaizumi de Maebashi (Gunma) já preparou vasos para a atual campanha política. Os vasos com flores cultivadas são mais caros do que os arranjos e chegam a custar cerca de ¥ 20 mil (R$ 443,83).

 

Encomenda de megafones em fábrica de Matsudo (Chiba). Foto: Mainichi

Encomenda de megafones em fábrica de Matsudo (Chiba). Foto: Mainichi

A partir do dia 2 de dezembro, os megafones começam a ser usados nos comícios eleitorais. A empresa de aluguel de artigos de luxo Eightrent, de Tokyo, já recebeu várias encomendas. A produção na fábrica da empresa, em Matsudo (Chiba) chegou a receber 300 pedidos nas eleições de 2012. Foram contratados mais funcionários temporários para dar conta do recado.

 

Artesãos de Takasaki (Gunma) atendem os pedidos dos bonecos “daruma”. Foto: Yomiuri

Artesãos de Takasaki (Gunma) atendem os pedidos dos bonecos “daruma”. Foto: Yomiuri

Artesãos de Takasaki (Gunma) correm contra o tempo para fabricar os bonecos “daruma”. Os dois tipos mais encomendados são o “Hisshou Daruma” com pedidos de vitórias nas eleições e o “Fuku Daruma” para o Ano Novo.

 

Fábrica de Chikuma (Nagano) produz 12 quadros para colar cartazes dos candidatos: Foto: Sankei

Fábrica de Chikuma (Nagano) produz 12 quadros para colar cartazes dos candidatos: Foto: Sankei

A fábrica Shinano Screen Kougei de Chikuma (Nagano) atende os pedidos de quadros para colar os cartazes dos candidatos para as eleições do dia 14 de dezembro. Até o dia 21 foram encomendados 12 mil quadros de madeira.

 

Como se diz em japonês?

  • Câmara Baixa: shuugiin (衆議院)
  • Dissolvição: kaisan (解散)
  • Eleições: senkyo (選挙)

 

 

 

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)