Nas áreas montanhosas de Hiroshima e Shimane a neve acumulou mais de 1 metro

(O vídeo acima mostra imagens da cidade de Nagasaki)

A cidade de Amami, em Amami-Oshima (Kagoshima), registrou “mizore” (nome em japonês para indicar gotas de chuva congelada) na tarde do dia 24. A última vez que nevou nessa região foi há 115 anos, no dia 12 de fevereiro de 1901.

Estrada fechada em Fukuoka. Foto: Mainichi

Estrada fechada em Fukuoka. Foto: Mainichi

A neve se deve à massa de ar fria que cobre o Japão, localizada a uma altitude de 1.500 metros com uma temperatura de 12 graus negativos.

A frente fria provoca neve em regiões onde não costuma nevar, no oeste do país. A Agência de Meteorologia alerta para que os motoristas redobrem os cuidados devido aos ventos fortes e pistas congeladas.

Em Nagasaki a neve havia acumulado 17 centímetros até às 17h, um fato que não ocorria há 110 anos, na era Meiji.

Acúmulo de neve em algumas áreas montanhosas:

  • 144 cm: Kitahiroshima (Hiroshima)
  • 118 cm: Iinan (Shimane)
  • 58 cm: Wajima (Ishikawa)

A neve acumulou também nas grandes cidades do oeste:

  • 10 cm: Kagoshima e Yamaguchi
  • 6 cm: Saga
  • 2 cm: Kumamoto
  • 1 cm: Fukuoka, Tokushima e Wakayama

Previsão do acúmulo de neve até a tarde de segunda-feira dia 25:

As rajadas de ventos continuam fortes entre Okinawa e a região oeste, chegando a alcançar 126 km/h.

A costa ao longo do Mar do Japão está também com alerta para relâmpagos e tornados.

Cena em Kitakyushu (Fukuoka). Foto: Mainichi

Cena em Kitakyushu (Fukuoka). Foto: Mainichi

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest