Equipe japonesa desafia software que venceu jogador profissional de Go

Equipe japonesa que desenvolve o software DeepZenGo. Foto: engadget

Equipe japonesa que desenvolve o software DeepZenGo. Foto: engadget

Não faz muito tempo, o campeão europeu de Go (jogo de tabuleiro originário da China), Fan Hui, foi derrotado pelo software AlphaGo criado pela Google DeepMind.

O presidente da Dwango, Nobuo Kawakami. Foto: engadget

O presidente da Dwango, Nobuo Kawakami

Para os asiáticos, fanáticos por esse jogo, o golpe foi duro. Ver um de seus jogadores mais renomados – classificado no mais alto nível 9-dan – perder para um programa de computador não foi fácil.

Por outro lado, uma equipe de japoneses decidiu lançar um desafio ao AlphaGo. Não com jogadores de carne e osso. Mas sim com outro software, o “DeepZenGo”.

O projeto é liderado pela Dwango – empresa japonesa de IT que organiza outro torneio curioso, o “shogi denousen“com programa de Shogi (xadrez chinês) vs jogadores profissionais.

Engenheiros, empresários e especialistas em Inteligência Artificial decidiram encarar o desafio de criar um software capaz de superar AlphaGo.

Por que o Go é tão importante?

Go_boardJogo de tabuleiro fascinante, a origem do Go data de 3 mil anos atrás. Das quatro grandes artes da China antiga – Go, poesia, música e caligrafia – o Go, apesar da sua aparente simplicidade, foi considerada a arte mais difícil de apreender, compreender e dominar.

Foi introduzido há cerca de 1.300 anos no Japão através de mestres budistas que visitaram a China. Ganhou popularidade junto à corte imperial e foi institucionalizado em quatro escolas, tornando-se um modo de vida para alguns sábios.

O Japão foi o primeiro país a estabelecer um sistema de jogadores profissionais com pontuações e ordenações. Em 1924 foi fundada a Nihon Ki-in, uma academia com caráter acadêmico e nacional voltado para a propagação do Go através de torneios e concessão de títulos aos jogadores.

Quanto ganham os jogadores profissionais?

Yuta Iyama. Foto: Sankei

Yuta Iyama

Em 2015 os jogadores que receberam os principais prêmios em torneios de Go do Japão foram:

  • Yuta Iyama, 26 anos: 172,12 milhões de ienes (R$ 5,90 milhões)
  • Keigo Yamashiga, 37 anos: 42,12 milhões de ienes (R$ 1,44 milhão)
  • Shinji Takao, 39 anos: 31,80 milhões de ienes (R$ 1,09 milhão)

 

Yoshiharu Habu. Foto: Chunichi

Yoshiharu Habu

No mundo do Shogi, os prêmios também são altos. Veja os principais ganhadores em torneios nacionais:

  • Yoshiharu Habu, 45 anos: 119 milhões de ienes (R$ 4,07 milhões)
  • Tetsuro Itodani, 27 anos: 55,31 milhões de ienes (1,89 milhão)
  • Akira Watanabe, 31 anos: 45,77 milhões de ienes (R$ 1,56 milhão)

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest