Brasileiro é condenado no Brasil por crime praticado no Japão

Juliano Henrique de Souza Sonoda

Juliano Henrique de Souza Sonoda

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou Juliano Henrique de Souza Sonoda, a 30 anos de prisão por um crime cometido em Matsumoto (Nagano).

O processo foi concluído a pedido do Japão, através de um pedido de punição por procuração “dairi shobatsu”.

O crime foi registrado no dia 10 de julho de 2003. Segundo a sentença, Juliano, atualmente com 37 anos, invadiu a casa do japonês Tatsumori Zen, 59, em Matsumoto. Depois de enforcar a vítima, ele teria levado ¥ 400 mil (R$ 13.184).

sonoda2Juliano teria fugido ao Brasil, onde foi preso em São Paulo, em fevereiro de 2008.

O réu negou a acusação durante todo o processo mas a justiça considerou as afirmações falsas, pois Juliano teria revelado o crime a amigos e conhecidos.

O site Cidadão net publicou uma reportagem sobre a prisão de Juliano, na Delegacia de Fernandópolis, em 2008.

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)