Quem diria! O pneu é o grande vilão das estradas

Pneus furados são os principais atendimentos da JAF nas autoestradas. Foto: cliccar

Pra quem vai pegar as estradas nesse feriado de Golden Week fica a dica: nunca é demais checar todos os cuidados para evitar emergências.

É com os erros do passado que a gente aprende. Então vejamos os principais casos de emergência nas estradas registrados no ano passado, segundo a JAF (Japan Automobile Federation):

1. Pneu furado (31%)
2. Falta de combustível (11%)
3. Bateria descarregada (7,6%)
4. Acidente (6,5%)
5. Gerador de bateria (2,4%)

Os dois primeiros da lista deixam evidente o descuido por parte do motorista. Mesmo no caso do pneu furado – salvo casos em que há choque com algum objeto duro – na maioria das vezes o motivo é o chamado “standing wave”, procovado pela falta de pressão nos pneus.

Deixar de calibrar os pneus de tempos em tempos pode aumentar os riscos de um acidente. O gráfico da JFA mostra o que acontece com o pneu vazio. Quanto maior a velocidade, mais cresce o risco de estourar.

Com a pressão baixa, o pneu fica mais sensível a danos por impacto, como queda em buracos ou choque contra o meio-fio. Se chover, pode ficar mais suscetível à aquaplanagem.

Antes de pegar uma auto-estrada, então, nada como se prevenir, fazendo uma vistoria nos pneus e na calibragem deles.

Ah! Não esqueça de encher o tanque de combustível. Agora no feriadão, as estradas costumam registrar engarrafamentos.

Como se diz em japonês?

1. Pneu furado: “taiya panku” ou tire punc, de puncture (タイヤパンク)
2. Falta de combustível: “nenryou-gire” (燃料切れ)
3. Bateria descarregada: “kahouden battery” (過放電バッテリー)
4. Acidente: jiko (事故)
5. Gerador de bateria: hatsudenki (発電機)

Silvia in Tokyo

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)