Chuva de meteoros “Liríadas” poderá ser vista tanto no Japão como no Brasil, a olho nu

No Japão, o pico da chuva de meteoros da Constelação Lira será nessa madrugada, por volta das 3h da manhã.

As Liríadas ocorrem todos os anos, entre 16 e 25 de abril e durante o pico é possível ver até 10 estrelas cadentes por hora.

Em termos de quantidade, não é muito, mas a chuva é marcada por meteoros grandes e brilhantes. Alguns até deixam rastros no céu.

Não deixe de apreciar também a Constelação de Lira que tem como estrela principal Vega e que marca as noites de verão no Japão.

Em Tokyo, como a Lua se põe por volta da meia-noite, a chuva de meteoros fica mais visível a partir desse horário.

Com exceção de Okinawa, o céu deve estar aberto essa noite. Então, é só preparar os pedidos e aguardar a noite!

Saiba mais

As Liríadas são destroços do cometa C/1861 G1 Thatcher, que têm sido observadas por mais de 2.600 anos. Anualmente, em meados de abril, a Terra passa pelo fluxo de destroços do cometa, o que causa a chuva de meteoros.

Como identificar as Liríadas

De acordo com a Nasa, para identificar se um meteoro pertence a uma chuva específica, é preciso observar qual é o ponto do espaço onde está a origem aparente dos meteoros. Esse ponto é conhecido como “radiante”. A constelação na qual o radiante está localizado dá o nome à chuva de meteoros. No caso das Liríadas, os meteoros irradiam a partir de um ponto na constelação da Lira.

Silvia in Tokyo

Posts Relacionados:

Comentários

comentário(s)

Pin It on Pinterest